Estado poderá ter semana de conscientização sobre ortorexia nervosa

A Assembleia Legislativa (Alesp) deverá analisar a partir da segunda quinzena o Projeto de Lei 674/2016, do deputado Edmir Chedid (DEM), que instituí no calendário oficial de eventos a Semana de Conscientização sobre a Ortorexia Nervosa. A proposta, prevista para ocorrer anualmente na primeira semana de outubro, está pronta para a Ordem do Dia (votação final).

A semana de conscientização deverá ser amplamente divulgada na rede pública estadual e municipal de ensino e saúde do Estado. A finalidade, segundo o PL, é divulgar a informação sobre a doença, bem como orientar sobre o diagnóstico e o tratamento adequados. “Os casos diagnosticados serão encaminhados para o acompanhamento médico especializado”, disse o parlamentar.

Edmir Chedid explicou que o governo estadual, por meio de suas secretarias e departamentos, deverá regulamentar a programação que será desenvolvida durante a semana instituída por esta Lei, como palestras e seminários. “A ortorexia nervosa, apesar de não ter por objetivo o emagrecimento, é um distúrbio com características bastante semelhantes à anorexia e bulimia”, afirmou.

A ortorexia nervosa é considerada um distúrbio relativamente recente em nível mundial. As pessoas apresentam uma preocupação excessiva com a qualidade da alimentação limitando sua variedade. Na prática, excluem certos grupos, como carboidratos, sem que haja sua substituição. Isso pode levar a quadros de carências nutricionais ou sérios distúrbios da conduta alimentar.

Segundo o parlamentar, o ortoréxico busca obsessivamente por normas ou regras de alimentação saudável. “Todas as informações, neste caso, são obtidas por meio de sites e redes sociais, mas nem sempre condizem com a realidade. Não sabemos qual a prevalência deste distúrbio, mas alguns grupos já foram identificados, como atletas, artistas e até mesmo médicos”, complementou.

Em seu argumento, Edmir Chedid garante que o ortoréxico não procura ajuda por acreditar na escolha correta. “Na prática clínica, esses pacientes foram encaminhados por familiares, que identificaram exageros nos cuidados e preparo na alimentação. Nesses pacientes, os médicos identificaram alguns sinais da falta de nutrientes, como queda de cabelo e unhas quebradiças”, concluiu.

Press Release

Parlamentar lamenta descaso com a CPI do Detran-SP

SÃO PAULO – O deputado Edmir Chedid (DEM) lamentou nesta quinta-feira, 14/09, o descaso evidenciado por parte de representantes do governo estadual e de membros da sociedade civil com as atividades da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Detran-SP instaurada a fim de investigar supostas fraudes na emissão irregular da Carteira Nacional da Habilitação (CNH).

Apesar do apoio do Departamento Estadual de Trânsito, o parlamentar declarou que a morosidade no envio de documentos à CPI prejudica o desenvolvimento das atividades, principalmente às que dependem da avaliação minuciosa dos servidores da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). “O atraso prejudica o andamento da Comissão, o que é lamentável”, comentou.

Edmir Chedid também citou a falta de respeito de membros da sociedade convocados pela CPI a prestar depoimentos sobre supostas irregularidades nas atividades do Detran-SP. “Nem mesmo representantes de autoescolas convocados pelos parlamentares aparecem para falar sobre as denúncias e as irregularidades já averiguadas por esta Comissão aqui da Assembleia Legislativa”.

Convocada a depor no processo instaurado, a representante da Autoescola Liderança, Thais Regina dos Santos, não compareceu pela segunda vez consecutiva à CPI. “Os citados nesse processo afirmam, por meio de documentos enviados ao Poder Legislativo, que não existem irregularidades no Detran-SP. Mas simplesmente ignoram as convocações, demonstrando o contrário”, concluiu.

O parlamentar explicou ainda que será necessário maior empenho da CPI a fim de analisar todos os documentos recebidos, bem como para promover a oitiva dos profissionais mencionados ou relacionados às supostas denúncias de irregularidades. Até o fim de outubro, o relator da Comissão deverá apresentar a primeira versão de documento que poderá ser enviado ao Poder Judiciário.

CPI
A reunião promovida pela CPI aprovou dois requerimentos para o diretor-presidente do Detran-SP, Maxwell Borges de Moura Vieira, relacionados às informações sobre endereços e nomes dos diretores e supervisores das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) e à operação “Delta Fake”, deflagrada pela Polícia Civil contra um suposto esquema para a venda da CNH.

Press Release

Edmir Chedid sugere criação de Projeto de Lei à CPI do Detran-SP

O Poder Legislativo, por meio da Comissão Parlamentar de Inquérito instituída a fim de averiguar supostas irregularidades no Detran-SP, a partir da emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), deverá elaborar em setembro um Projeto de Lei com a finalidade de propor a “urgente regulamentação” do valor máximo atualmente cobrado pelas autoescolas aos alunos e para os condutores interessados em obter a renovação do documento.

A medida foi indicada pelo deputado Edmir Chedid (DEM), membro efetivo da CPI do Detran-SP, que defende a implantação de uma legislação específica para coibir os abusos praticados no Estado de São Paulo. Em seu argumento à Comissão, explicou que considera “ofensiva e injusta” esta cobrança excessiva sobre os alunos que reprovam nos exames exigidos em Lei e, principalmente, na renovação do documento pelas autoescolas com atuação em nível estadual.

“O Projeto de Lei é uma das opções que encontrei para tentar regularizar esta situação que tem prejudicado nossa comunidade. Afinal, não podemos mais aceitar que as autoescolas cobrem repetidamente pelo mesmo serviço prestado somente pelo fato de o aluno ter reprovado num dos exames obrigatórios. Esta forma ofensiva e injusta praticada por autoescolas precisa ser coibida e regularizada pelo Poder Legislativo o mais rapidamente possível”, complementou.

Edmir Chedid também sugeriu que o Detran-SP realize um levantamento apontando quais são as autoescolas com maior e menor índice de aprovação no exame da CNH. “Tanto as autoescolas com maior índice quanto às que possuem baixos indicadores de aprovação estão lucrando muito ante a falta de uma legislação específica no Estado de São Paulo. Por isso, entendo que este levantamento deva ser fundamental ao processo de elaboração de um Projeto de Lei”, disse.

Disponível em Áudio

CPI
A afirmação do parlamentar ocorreu durante a reunião ordinária da Comissão realizada nesta quinta-feira, 24/08, com a presença do diretor de Habilitação do Detran-SP, Raul Vicentini. Nas próximas semanas, deverão participar das atividades do parlamento paulista como convidados o presidente da Corregedoria Geral de Administração (CGA), Ivan Francisco Pereira Agostinho, e também o ouvidor do Estado, Gustavo Ungaro, ex-presidente da Corregedoria.

Press Release

Parlamentar pede agilidade aos trabalhos da CPI do Detran-SP

O Poder Legislativo, por meio da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instituída com o intuito de investigar um suposto esquema de emissão irregular da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pelo Detran-SP, deverá intensificar suas atividades a partir das próximas semanas, segundo proposta reiterada nesta quinta-feira, 17/08, pelo deputado Edmir Chedid (DEM).

O parlamentar lamentou a morosidade no processo instaurado pelo Poder Legislativo e declarou que, apesar do empenho demonstrado pelos parlamentares, ainda é preciso mais “agilidade às atividades sob a responsabilidade dos deputados”. “A preocupação é grande, mas sem agilidade não conseguiremos elaborar um relatório condizente às expectativas da sociedade”, completou.

Desde que foi instituída – dois meses atrás –, a CPI do Detran-SP aprovou uma série de requerimentos de indicação dos nomes de diretores do Departamento Estadual de Trânsito para as oitivas; o diretor do Detran-SP, Maxwell Borges de Moura, por exemplo, já prestou esclarecimentos aos parlamentares. “Há uma extensa lista de nomes importantes ao processo”, disse Edmir Chedid.

A CPI do Detran-SP voltará a se reunir na próxima quinta-feira, 24/08, às 11h, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. “É importante destacar que as reuniões são abertas ao público; além disso, possuem ainda transmissão ao vivo, por meio do site da Alesp, aos interessados em acompanhar as atividades da Comissão Parlamentar de Inquérito”, concluiu o parlamentar.

Press Release

Inscrições abertas para evento voltado a deficientes auditivos

Estão abertas as inscrições gratuitas para deficientes auditivos e surdos participarem do Dia de Prevenção e Combate à Surdez. O evento acontece no próximo dia 03 de setembro, das 10h às 16h, no Parque Portugal, Lagoa do Taquaral, arredores da Caravela, em Campinas. Para inscrever-se, pessoas de toda a região campineira podem acessar o site www.candidatoaimplante.com.br.

Destinado especialmente aos deficientes auditivos, o evento se estende aos familiares e demais interessados no tema. A expectativa é que pelo menos 100 pessoas com este perfil se inscrevam para participar, mas as informações podem atingir um público bem maior, considerando que, aos domingos, circulam cerca de 30 mil pessoas pelo parque.

Promovida pela Cochlear Latinoamérica, multinacional australiana que atua no Brasil e é líder global em soluções de implantes auditivos, a proposta é ampliar o conhecimento de que a falta dos sons pode, por vezes, ser limitante e até mesmo perigosa, já que deficiências auditivas e surdez não são facilmente notáveis.

Tenda receptiva no Taquaral
Três estações serão montadas no Parque Portugal da Lagoa do Taquaral para o evento. No local, profissionais de Fonoaudiologia estarão oferecendo orientações aos participantes sobre as soluções para deficiências auditivas. Haverá entrega de brindes exclusivos para quem fizer a inscrição prévia, além de atrações para as crianças, como pintura de rosto e entrega de balões coloridos.

Quem visitar a Tenda Cochlear também receberá folhetos explicativos com informações importantes sobre deficiências auditivas. Haverá, ainda, a exposição da variedade de produtos para solução de deficiências auditivas oferecidos pela empresa. “O uso desses produtos somente é permitido após diagnóstico profissional, com indicação específica. A aquisição do implante e seu processador de som pode ocorrer pelo SUS (Sistema Único de Saúde), por intermédio de planos de saúde ou também de forma particular”, informa a gerente regional da Cochlear, responsável pelas operações no Brasil, Patricia Mastrorocco.

Mesmo com acesso aos implantes pelo SUS e pelos planos de saúde, a população brasileira em geral desconhece tais possibilidades e a quantidade de implantados comparada à população que tem indicação para implantes auditivos ainda é muito pequena. Em torno de 6000 pessoas são implantados Cochlear, líder de mercado no Brasil.

Estima-se que em todo o mundo cerca de 280 milhões de pessoas sofram de perda auditiva moderada a severa e, no Brasil, são 10 milhões com algum tipo de perda auditiva, sendo que em torno de 2 milhões de casos estejam relacionados a perdas de severas a profundas. Eventos como o Dia de Prevenção e Combate à Surdez ajudam a divulgar as tecnologias existentes e a conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce e da reabilitação.

Sobre a Cochlear
Líder global em soluções de implantes auditivos, presente em mais de 100 países, a multinacional australiana Cochlear se dedica a presentear com sons aquelas pessoas com perda moderada ou profunda da audição. Mais de 450 mil pessoas, de todas as idades, já retomaram uma vida completa e ativa ao serem reconectadas pelos implantes ao contato com suas famílias, amigos, trabalho e comunidade em geral. A missão da Cochlear é oferecer aos usuários a melhor e mais duradoura experiência auditiva, além do acesso a tecnologias inovadoras e futuristas.

SERVIÇO
Dia de Prevenção e Combate à Surdez
Data:
03/09/2017.
Horário: das 10h às 16h
Local: Parque Portugal (Lagoa do Taquaral)
Av. Heitor Penteado, 1.671, Taquaral.
Campinas/SP.
Inscrições gratuitas pelo site: www.candidatoaimplante.com.br
Assessoria de Imprensa
Daniele Ricci
daniele@agpratique.com.br
19.99735 8500

Press Release

Produção audiovisual para a internet deve dobrar até 2020

O aumento da produção audiovisual destinada exclusivamente à internet deverá dobrar no mercado nacional nos próximos três anos. A expectativa é de que 82% do tráfego veiculado na rede mundial de computadores sejam gerados por vídeos até 2020 em decorrência da crescente qualidade do material e também do número de pessoas com conexão à internet.

De acordo com o publicitário Thiago Morais, diretor da Mobile Marketing Audiovisual, de São Paulo, o consumo de vídeos on-line deverá ultrapassar o da tevê aberta, chegando à média de 3h de exibição diária. “Atualmente, o consumo de vídeos on-line cresce 25% ao ano no país. Caso esta média seja mantida, facilmente deverá ultrapassar o da tradicional televisão brasileira”, disse.

Os dados divulgados estão fundamentados numa pesquisa de opinião realizada por empresas nacionais e internacionais de mídia eletrônica. “Neste contexto também pudemos comprovar, por exemplo, que a qualidade da produção associada à facilidade do acesso à internet tem provocado queda do tempo médio que a pessoa assiste à televisão aberta no Brasil”, complementou.

Thiago Morais explicou que 3,8% do número total de usuários brasileiros já assistem regularmente a vídeos produzidos para a internet. “Os vídeos são populares e atingem, em números absolutos, a 65,5 milhões de pessoas. Por isso, não podemos desprezar esta expectativa divulgada em pesquisas, visto que o número de usuários poderá chegar a 131 milhões de pessoas”, afirmou.

Produção Audiovisual
O número de acessos à internet tem crescido no país em proporção similar ao de funcionalidades e de inovações técnicas, como as de conexão. Esta tendência, bastante comum em países desenvolvidos, deverá nortear os que desejam manter, estabilizar ou desenvolver seus negócios e, consequentemente, aumentar seus lucros. O diferencial do sucesso estará na produção audiovisual.

“Com o considerável aumento de vídeos disponíveis na internet, os interessados deverão investir na produção audiovisual. Esta tendência será marcada pela qualidade do material veiculado na rede mundial de computadores. Afinal, as produções básicas ou caseiras deverão perder cada vez mais espaço ante as profissionais, que também privilegiam o áudio”, concluiu Thiago Morais.

 

Audiovisual

Redes Sociais: gerenciamento profissional garante resultados

O gerenciamento das principais redes sociais utilizadas no país tornou-se fundamental nestes últimos cinco anos. A partir do avanço e consequente alcance das plataformas, como do Facebook e Instagram, administrar conteúdos tem exigido o aperfeiçoamento e o aprimoramento constantes dos profissionais responsáveis pela atividade.

As redes sociais – aplicações web criadas para promover o relacionamento entre as pessoas – têm demonstrado grande desenvolvimento, somando cada vez mais usuários e gerando serviços que as tornam uma fonte de valor não somente social, mas principalmente econômico. Por isso, a importância do gerenciamento profissional para que possa garantir a permanência de seu público e principalmente o crescimento de seu alcance.

Apesar dos benefícios, não podemos nos esquecer dos perigos comumente ignorados quando utilizamos as redes sociais, como a invasão de privacidade. Afinal, você não pode ignorar que existe uma grande quantidade de informações salvas num banco de dados de uma empresa privada. Mais uma vez, a importância de profissionais qualificados para realizar o gerenciamento de suas redes sociais.

Nos próximos posts, você terá acesso a mais exemplos de como prevenir a exposição gratuita de informações e, claro, alavancar suas atividades!

Disponível em Áudio
Redes Sociais